SOBRE A PEÇA

“Na Cola do Sapateado”
20 anos depois

A inspiração foi uma mistura da técnica de sapatear de Gene Kelly e Fred Astaire com os passos do samba, frevo, xaxado, chorinho e bossa nova.

Há 20 anos, o grupo de sapateado Catsapá lotou os teatros por onde passou em temporadas emocionantes com a história de sete alunas que usam o sapateado como código, combinando uma cola para a prova de geografia com o barulho das chapinhas, levando o professor ao desespero.

Mais do que  sucesso de público e crítica, “Na Cola do Sapateado” despertou o interesse de crianças e adolescentes pelo sapateado, formando uma inesperada legião de sapateadores mirins que ao final de cada sessão dos espetáculos queriam se iniciar naquela arte que fundia o sapateado, a dança e o teatro.

Assim, a “Cola” inspirou a fundação da Catsapá Escola de Musicais, sediada há 18 anos em Botafogo, no Rio de Janeiro e inspirou também as vidas que passaram por ela.

A remontagem é a celebração de um espetáculo que marcou o cenário cultural do Rio e de São Paulo nos anos 80 e deu origem a uma nova geração de artistas nos últimos 20 anos.


As autoras: Mabel Tude, Tânia Nardini, Maria Dulce Saldanha e Gisela Saldanha
Foto de Ana Stewart